terça-feira, 16 de agosto de 2011

Curiosidade


- Amor...
 - Oi.
 - Quanto tempo você acha que ficaria longe de mim? - Perguntei
 - Um mês! - Ela respondeu
 - UM MÊS??????
 - Hahahahaha Você precisava ver a sua cara agora!!!
 - É assim né? - Perguntei
 - Um ou dois dias no máximo.

Voltamos a ver televisão.


(SRed)

domingo, 14 de agosto de 2011

Uma conversa séria.


Cheguei
e ela já estava
me esperando.

Tomei um banho
e quando saí
ela estava sentada no sofá.

Fui direto.

 - Pronto, estou aqui.
 - Tenho medo de que essas coisas aconteçam quando a gente estiver morando junto. - Ela disse.

A gente conversou
pedi desculpas
e eu fui muito claro
quando disse que tenho medo de perdê-la,
mas que não posso segurar ninguém.

Ficamos em silêncio
por algum tempo.
Quebrei esse silêncio todo
com uma pergunta.

 - Posso fazer uma coisa?
 - Pode...

Puxei-a pra mim
e dei um abraço.
Não fizemos outra coisa
o resto do dia.

Nem queríamos.


(SRed)

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Acordei?


Acordei
com o celular tocando
e era uma ligação
dela.

Olhei por alguns segundos
a tela do celular
com a foto dela,
um monte de pensamentos
e um certo medo
do que poderia ouvir.

 - Precisamos conversar! - Ela disse.
 - Marque um lugar que eu vou... - Respondi.

Aquele silêncio
gigante de três segundos.

 - Pode ser na sua casa? - Perguntei
 - Aqui tem muita gente hoje. - Ela disse.
 - Então veja algum lugar e me fale que eu vou.
 - Certo.

Desligamos
e depois de alguns minutos
ela ligou novamente.

 - Pode ser na sua casa? - Ela perguntou.
 - Pode... tá com a chave? - Respondi.
 - Estou.
 - Certo então...


(SRed)

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Ligações Estranhas


Me acostumei a ser frio
com a maioria das pessoas
e acabo sendo assim
com quem não devia.

Depois de algumas
ligações estranhas
onde,
eu,
pouco falei.

Recebi a seguinte mensagem:

"Já vi que precisamos ficar separados um tempo."

Eu não tinha
o que responder,
mesmo assim mandei
uma mensagem
e recebi outra
que só confirmou a anterior.

"Eu quero um tempo."

Tentei não pensar
no assunto,
fui vencido por alguns pensamentos
e pelo sono.


(SRed)

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

No escuro do quarto.



Estávamos deitados na cama
conversando,
rindo,
abraçados,
quando ela fez uma pausa
e me perguntou:

 - Você acha que somos muito novos pra estar vivendo isso?
 - O quê? Morar juntos?
 - Não. Vivendo isso...
 - Nos encontramos no momento certo, amor. - Respondi.

Ela que estava de costas pra mim,
apertou meu braço
ainda mais forte.

Ela,
o meu amor.


(SRed!)

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Comprinhas

Pequena lista de compras
para um fim de semana
com ela:

 - Iorgute de morango
 - Suco de laranja pronto
 - Achocolatado pronto
 - Pão
 - Queijo e presunto
 - Batata frita com sabor de yakisoba
 - Requeijão
 - Arcos de goma de morango

Bom é saber
que mesmo sem comprar essas coisas
ela vem do mesmo jeito.
Com exceção da goma de morango.
Se eu não comprar isso,
só recebo uma mensagem no celular
com uma frase bem curta:

 - Não vou!!! Hahaha

(SRed!)

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Deixa passar.

- Amor, coloca um filme pra gente assistir. - Ela disse
- Já escolhi, vai ser "Uma saída de mestre".

Ela se ajeitava no sofá
quando acertou minha boca
com o celular.

 - Desculpa, amor! - Ela disse
 - Machucou só um pouco.

Ela me deu um beijo
daqueles
de perder o fôlego.
Só tive uma pergunta a fazer:

 - Você ainda quer assistir o filme?
 - Hahahaha

O resto é fácil de imaginar...

(SRed!)