sábado, 30 de abril de 2011

Ela

Muitas vezes
ela
me leva ao céu
e outras vezes
me deixa perdido
e confuso.

Mas
é sempre ela
no pensamento.

Com poucas
palavras
e um monte
de sentimentos
que nem sabe
como me mostrar.

Que agora
rendem textos
para olhos carinhosos.

(SRed!)

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Depois de dizer "Boa noite".

Tive vontade de ligar
pra dizer que sinto falta,
mas achei
que há essa hora
eu pareceria mais
um idiota carente
do que
um cara realmente
apaixonado.

Mandei duas mensagens
completamente envergonhado
de incomodá-la àquela hora,
e não tive resposta.
Não esperava.

Ela deveria
estar dormindo.

Ouvi
a mesma música
por várias vezes
e
fui deitar.

Pensando nela.

(SRed!)

Antes de dizer "Boa noite".

- Oi amor, como foi hoje no trabalho? - Perguntei.
- Bem. - Ela disse.
- Tá tudo certinho?
- Tá.
- Não ligou, não mandou mensagem, esqueceu de mim foi?
- Não.
- Mas você não fez nada disso.
- É.

(...)

- Sinto falta das suas mensagens. - Eu falei.
- Hum hum... - Ela disse.

(...)

- Queria que estivesse aqui. - Eu falei.
- Você sabe que eu queria estar ai. - Ela disse.
- ...

(...)

- Aconteceu alguma coisa com você? - Ela perguntou.
- Não. Só estou me sinto sozinho. - Respondi.

(...)

- Um dia você vai entender. - Eu falei.
- O quê? - Ela perguntou.
- O quanto sinto sua falta. - Respondi.
- ...

E foi isso,
dissemos boa noite
um para
o outro.

E ficamos
com pensamentos
soltos
na cabeça.

(SRed!)

domingo, 24 de abril de 2011

Sempre

Ao abrir os olhos
ela estava sorrindo
pra mim.

Deu-me uma caneca
com chocolates
e disse:

- Feliz Páscoa

Enquanto ainda acordava
ela fazia círculos
com as unhas
no meu rosto.

Ficou me olhando,
bem perto
e sussurrou:

- Pra sempre...

Todo o resto do dia
eu tive
chuva,
amor,
chocolate
e ela.

(SRed)


=)


sexta-feira, 22 de abril de 2011

Enquanto Sorriamos.

- Amor, você tem medo de que tudo, entre a gente, dê errado?
- Tenho...

A ligação caiu,
não fizemos nenhum esforço
para retornar,
não tive tempo
de dizer...

- Eu também.

(SRed)

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Aquilo

O presente
eu já comprei
e escondi
pra que ela não veja
quando vier me ver.

Agora espero
como uma criança
que curte uma viagem
torcendo pra que chegue logo.

É ela chegando,
aquele momento,
aquilo...

E tudo faz sentido.

(SRed!)



"Tudo que eu fizer vai ser pra ver aos olhos dela." (Marcelo Camelo - ÔÔ)

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Domingo Chuvoso

- Pelo visto vai levar outro casaco meu amanhã né?
- Quer perder outro é?
- Não vou perder. Quando a gente casar vão voltar pra mim.
- ... (Ela sorrindo)

Era domingo,
chovia,
ela estava comigo
e só.

(SRed!)

domingo, 17 de abril de 2011

Doce Silêncio.

Durante a manhã
recebi uma mensagem.
E pela tarde ela recebeu
uma ligação.

Ouvi seu sorriso
do outro lado da linha.
Não precisava
dizer mais nada.

Eu sabia
o que o seu sorriso queria dizer
e disse.

Fizemos as pazes.

(SRed!)

Para acordar.

Levantei sem animo
e fiz um café.

Fiquei olhando
a tv desligada,
barulho da rua lá fora,
o café esfriando na caneca.

Era só saudade,
sempre vem.
É bom saber que ainda sinto.

(SRed!)

Olhos abertos.

As 23h deixei as chaves em cima da estante,
tomei um banho
e deitei de olhos abertos.

Ela me ligou,
tirou-me de alguns pensamentos.
Não falou nada,
mas nem precisava.

Desligou
e mandou uma mensagem.
Falou tudo que não quis
pelo telefone.

Voltei a deitar
de olhos abertos
e nenhum pensamento no lugar.

(SRed!)

sábado, 16 de abril de 2011

Fui para cozinha.

Um macarrão com atum
que demorou para ser feito
e ficou sem sal.

Depois de provar
ela olhou pra mim
e sorriu.

- Tá gostoso, amor!

Foi assim
que eu vi
que ela estava comigo
e que não me faltava nada.

(SRed!)

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Uma conversa qualquer.

- Liguei pra dizer que te amo. - Eu disse.
- Hum... - Ela respondeu.
- Viu, amor?
- Viu.
- Qualquer coisa pode me ligar. A qualquer hora. Estou com o celular ligado.
- ...
- Viu, amor?
- Certo.
- Dorme bem.
- Você também.

Nunca liga. Vamos em frente.

(SRed!)

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Um colchão no chão.

Quando cheguei
ela já estava deitada na minha cama,
com frio e me esperando.

Cheguei perto
e disse:

- Boa noite!

Depois de um banho,
deitei ao seu lado.
Foi uma noite agradável.
Dormimos enquanto ouvíamos
uma música chamada "Adeus".

(SRed!)

Me liga.

A semana passou
e eu nem tive tempo de vê-la,
mas ainda sim eu ligo.

Quando nos falamos
é sempre a mesma coisa,
ela calada,
eu puxando conversa,
terminamos com uma saudação qualquer
e fim.

Raramente tem uma emoção,
vou gostar quando tiver.
Vamos em frente.

(SRed!)

quarta-feira, 13 de abril de 2011

A torta, sem qualquer reação.

Comprei uma torta de chocolate e amendoim,
atravessei a cidade inteira com a embalagem nas mãos,
ela não gosta de amendoim.

Não abriu,
não mostrou interesse.
Disse que iria comer no trabalho.

Deixei-a na porta da empresa,
coloquei minha mochila no ombro
e fui embora.

Tentei não pensar muito nisso,
mas continuei pensando mesmo assim.

(SRed!)

terça-feira, 12 de abril de 2011

Luz, câmera, ação. Nem sempre!

Dizemos que o amor não morre
e que é incondicional,
mas devemos mesmo testar
essa teoria?

É isso, o que vem acontecendo.

(SRed!)