quarta-feira, 25 de abril de 2012

Febre e Sorriso

A caminho da casa de um amigo
fiquei olhando os prédios,
as esquinas
e o pensamento nela.

Comecei a cantar,
baixinho,
uma das músicas
que ouvimos juntos
e a saudade aumentanto.

Entrei
e deitei um pouco.

Estou com febre alta,
mas a saudade
e o pensamento nela
é o que me faz sorrir
agora.


(SRed)

Um comentário:

Anônimo disse...

Muito lindo, bom saber que pensa até com febre !