quinta-feira, 28 de abril de 2011

Depois de dizer "Boa noite".

Tive vontade de ligar
pra dizer que sinto falta,
mas achei
que há essa hora
eu pareceria mais
um idiota carente
do que
um cara realmente
apaixonado.

Mandei duas mensagens
completamente envergonhado
de incomodá-la àquela hora,
e não tive resposta.
Não esperava.

Ela deveria
estar dormindo.

Ouvi
a mesma música
por várias vezes
e
fui deitar.

Pensando nela.

(SRed!)

7 comentários:

Rita de Cássia. disse...

gostei do seu texto, simples mais me fez deixou com a sensação de que existem ainda pessoas capazes de amar assim tão puramente, foi o que o texto me transmitiu.
parabéns pelo Blog.
http://ritabomfim.blogspot.com/(faça um visitinha:)

Maggie disse...

Liga! Liga!
E daí se vai parecer um idiota, somos todos idiotas, afinal. Uns demonstram, outros não. :D

gostei, tou seguindo!

http://www.capuccinocup.blogspot.com/

vai um capuccino?!

Flávia Jaine disse...

Com certeza a educação é um dos maiores problemas do país. É preciso mudá-la totalmente, mas essa mudança ainda nem começou...

Sobre seu blog, muito interessante!
Gostei do que escreveu.
Parabéns!

Aline Cruz disse...

Adoreii o texto... ser amaada assim desse ser muito bom...

Vc transmitiu um carinho muito bom com seu texto..

Estou seguindo o blog!!
...

http://afuturanutri.blogspot.com/

Jéssica Pagliai disse...

Que gracinha!
Liga sim, pq naum? Rs

Beijinhos

---
www.jehjeh.com

Anônimo disse...

Aposto que ela gostou. E que teria gostado mais ainda se voce tivesse ligado. Bjo

Guedes, disse...

"Ouvi
a mesma música
por várias vezes
e
fui deitar.

Pensando nela. "

é engraçado isso, às vezes fazemos coisas pela outra pessoa que talvez ela nem possa imaginar o que realmente se passa, o que realmente sentimos. talvez ela estivesse fazendo qualquer outra coisa enquanto você doava seu tempo integralmente à ela. isso acontece com todos!
o que me frustra é que neste aspecto nem sempre é recíproco.